Nota Fiscal de Complemento

A nota fiscal complementar ou nota fiscal de complemento, serve para complementar valores que foram emitidos incorretamente na nota de […]

Nota Fiscal de Complemento

A nota fiscal complementar ou nota fiscal de complemento, serve para complementar valores que foram emitidos incorretamente na nota de origem, por exemplo, você emitiu uma nota de venda que deveria ter IPI, mas por algum motivo não houve o destaque desse imposto e já passou do prazo de cancelamento da nota fiscal ou essa nota está vinculada a algum documento fiscal, neste caso você pode emitir a nota fiscal complementar com o valor do IPI.

 

A primeira informação que você precisa para emitir esta nota, é o CFOP que deve ser utilizado na operação de complemento, na maioria das vezes o CFOP é o mesmo da nota fiscal de origem mas sempre confirme essa informação com a sua contabilidade. Sabendo o CFOP você pode consultar se já está cadastrado em seu sistema o Tipo de CFOP para operação complementar, se você não tem certeza se é o correto, entre em contato com nosso suporte online que podemos te ajudar, caso você mesmo queira conferir se o cadastro do Tipo de CFOP está correto, siga as orientações abaixo:

 

No menu do topERP acesse: Cadastro > Faturamento > Tipo de CFOP, localize pelo nome Complemento ou Complementar, é o padrão utilizado para o nome do Tipo de CFOP dessa operação, abra o cadastro e verifique se está marcado como finalidade 2 – Complementar e fatura Saída.

 

 

Na aba Parâmetros você só poderá marcar Gerar Financeiro e Gerar Caixa caso for complemento de ST e tenha necessidade desse valor no seu financeiro, caso contrário, deixe todas as opções desmarcadas.

 

 

Para conferir o CFOP, acesse a guia CFOP e verifique na coluna CFOP o valor que está cadastrado. Você pode alterar esta informação com dois cliques na linha desejada da grade, altere o campo que deseja e clique em Incluir.

 

 

Com o Tipo de CFOP cadastrado corretamente, podemos prosseguir para gerar a nota, acesse a tela de nota fiscal em Faturamento > NF, clique em Importar e selecione a opção NF-e Complementar.

 

 

Localize a nota que precisa complementar e dê dois cliques ou um enter.

 

 

Veja que o sistema importa a nota de complemento com o mesmo Tipo de CFOP da nota de origem, você deve alterar para o Tipo de CFOP de Complemento visto anteriormente.

 

 

Na aba Produtos, você pode vincular um produto da NF de origem ou utilizar um produto específico para complemento, nesse exemplo vamos usar a segunda opção pois será um complemento de ICMS. O cadastro do produto é bem simples, para cadastrá-lo acesse no menu Cadastro > Estoque > Produto, segue abaixo um exemplo de cadastro que pode ser utilizado:

 

 

Prosseguindo com a nota, informe o produto na aba Produtos, coloque quantidade 1, unitário zerado e clique em Incluir.

 

 

Agora, vamos informar os valores do complemento. Clique com o botão direito do mouse em cima do produto já inserido na nota, selecione a opção Alterar Valores – Ajuste/Complementar.

 

 

Na primeira opção Tipo Ajuste / Complemento, você deve informar do que se trata o complemento, nesse exemplo estamos fazendo complemento de ICMS, então deixaremos marcada a opção ICMS. Abaixo informe a CST ICMS, Base ICMS e Valor ICMS que irão complementar a nota de origem, o campo CST IPI só deve ser alterado se você estiver fazendo um complemento de IPI.

 

 

Após clicar em OK, você poderá conferir os valores na aba Fechamento. Nessa guia, caso você precise descrever do que se trata o complemento, você pode utilizar o campo de Observação, ele aparecerá nos dados complementares da DANFE. Pronto, agora você pode imprimir a nota e validar com a sua contabilidade para verificar se todas as informações estão corretas!

 

 

Qualquer dúvida ou dificuldade, entre em contato com nosso suporte que estaremos à disposição para lhe auxiliar!

 

Por Barbara Pereira Soares

Assistente Comercial da Top System Sistemas.

Compartilhe: